quinta-feira, 21 de junho de 2012

Ele combateu o bom combate - Jorge Taiar

Jorge Taiar 
A comunidade católica de Guarulhos perdeu na última semana o bispo emérito Dom Luiz Gonzaga Bergonzini, segundo bispo da cidade e que por 19 anos pastoreou seus fiéis e clero. O religioso era um exemplo para todos, já que ele se engajou de corpo e alma nas questões políticas e sociais da sociedade guarulhense.

Dom Luiz, assim como a ACEGuarulhos, foi um homem de posição, já que fazia do Evangelho e da Doutrina Católica sua profissão de fé. Por isso, comprou brigas com grupos políticos, que não entendiam seus posicionamentos, como ocorreu nas eleições de 20109, que orientou seus fiéis a não votarem em candidatos que defendiam o aborto.

Para muitos, foi um recado do religioso a então candidata Dilma Rousseff e ao seu partido, para outras pessoas, como eu, uma defesa daquilo que ele acreditava. Um recado para todos os partidos que possuíam políticos que defendiam a prátia.

Não estou aqui defendendo a tese da proibição do abroto, assim como fez Dom Luiz, mas, sim, mostrando que num mundo onde os pensamentos das pessoas mudam conforme a conveniência, o bispo guarulhense destoava de forma positiva, ao defender apenas aquilo que o levou a se tornar padre.

Parafraseando o livro de II Timótéo 4, versículo 7, Dom Luiz nada mais fez do que: Defender o bom combate e defender a sua fé.

Tenho certeza , que o Céu está em festa pela chegada do bispo emérito, e que ele deixa em Guarulhos um sucessor - Dom Joaquim Justino Carreira - que conduzirá, assim como ele fez, a sua querida diocese.
Jorge Taiar
Presidente da ACE-Guarulhos
presidência@aceguarulhos.com.br
Fonte: Jornal Guarulhos Hoje - 19062012
Por Assess. Dom Luiz Bergonzini 

Nenhum comentário: