domingo, 6 de maio de 2012

Nós católicos adoramos ídolos ?

Ídolos na Bíblia

Os povos antigos adoravam muitos deuses. (AQUI)   Enquanto Moisés estava com Deus, o povo construiu um bezerro de ouro:

"1 Mas o povo, vendo que Moisés tardava em descer do monte, acercou-se de Arão, e lhe disse: Levanta-te, faze-nos um deus que vá adiante de nós; porque, quanto a esse Moisés, o homem que nos tirou da terra do Egito, não sabemos o que lhe aconteceu. 2 E Arão lhes disse: Tirai os pendentes de ouro que estão nas orelhas de vossas mulheres, de vossos filhos e de vossas filhas, e trazei-mos. 3 Então todo o povo, tirando os pendentes de ouro que estavam nas suas orelhas, os trouxe a Arão; 4 ele os recebeu de suas mãos, e com um buril deu forma ao ouro, e dele fez um bezerro de fundição. Então eles exclamaram: Eis aqui, ó Israel, o teu deus, que te tirou da terra do Egito. 5 E Arão, vendo isto, edificou um altar diante do bezerro e, fazendo uma proclamação, disse: Amanhã haverá festa ao Senhor. 6 No dia seguinte levantaram-se cedo, ofereceram holocaustos, e trouxeram ofertas pacíficas; e o povo sentou-se a comer e a beber; depois levantou-se para folgar." Êxodo 32

Deus deu a Moisés as Tábuas da Lei, contendo os mandamentos a serem observados pelo povo. No primeiro mandamento, diante de tantos deuses na época, Deus deixou claro que não havia outro senão ELE, que é o Criador do céu, da terra e das águas, e que somente ELE deve ser adorado:

"1 Então falou Deus todas estas palavras, dizendo: 2 Eu sou o SENHOR teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. 3 Não terás outros deuses diante de mim. 4 Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. 5 Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque EU, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam." ( Dt 5:1-21 )

Deus quis afastar o povo daquela quantidade enorme de deuses que ele adorava.

DIFERENÇA ENTRE IMAGEM E ÍDOLO
A fotografia, uma pintura ou uma escultura podem ser imagens de uma pessoa. Imagem é uma forma concreta de ser retratada uma pessoa. Idolatrar é ter um sentimento de amor excessivo, sem dúvidas, por uma pessoa ou alguma coisa. Imagem, de imaginar, e idolatria, de idolatrar, são coisas distintas.

Na Bíblia ídolo pode ter o significado de imagem falsa, um simulacro a que se atribui vida própria, conforme explica o profeta Habacuc: “Ai daquele que diz ao pau: Acorda, e a pedra muda: Desperta” (Hc 2, 19)

A Bíblia também apresenta sentidos figurados, como no livro de Josué: “Josué prostrou-se com o rosto em terra diante da arca do Senhor, e assim permaneceu até à tarde, imitando-o todos anciãos de Israel” (Jos 7, 6). Josué e os anciãos de Israel estavam adorando a Arca ou a Deus ? É claro que estavam adorando a Deus! A Arca representava Deus.
Dom Luiz Gonzaga Bergonzini
Bispo Emérito de Guarulhos
Foi Deus ainda quem ordenou a Moisés levantar uma “serpente” de metal (Nm 21, 8) e todos os que olhassem para ela seriam curados. De quem era a força milagrosa que estava na estátua de metal capaz de curar as pessoas que para ela olhassem ?

S. João referiu-se à serpente: “Bem como ergueu Moisés a serpente no deserto, assim cumpre que seja levantado o Filho do Homem” (Jo 3, 14).

Verificamos que ídolo designa uma imagem ou objeto feito para ser adorado, amado excessivamente, como um deus, como faziam os pagãos com suas divindades.

Para os judeus, as imagens dos deuses eram os próprios deuses pagãos. Os povos vizinhos dos judeus acreditavam em muitos deuses e faziam imagens deles. Em Israel não se podia fazer imagem de Deus, não se podia imaginar como Deus era, pois Ele é invisível e ninguém nunca o tinha visto. Do Deus verdadeiro não se faz imagens, porque todas as imagens são inadequadas.

DEUS E OS SANTOS
Nunca se ouviu algum católico defendendo que algum Santo era Deus! Mesmo porque isso seria cair em um panteísmo, ou seja, que tudo é Deus: a natureza, a água, o céu, etc... Para se dizer que os católicos adoram os santos, eles teriam que dizer que os santos são deuses. E, ainda mais difícil, os católicos teriam que afirmar que Santo Antônio, São Paulo, São Pedro e todos os outros santos e santas são deuses ou deusas.

Nenhum católico acredita que um santo seja Deus ou que a madeira da estátua seja uma divindade. Logo, não há idolatria possível, visto que esta consiste em adorar um falso deus.

DEUS PROIBE A IDOLATRIA E NÃO O USO DE IMAGENS

O mesmo Deus, no mesmo livro do Êxodo em que proíbe que sejam feitas imagens, mandou Moisés fazer dois Querubins de ouro (Querubim (do Hebraico כרוב - "keruv" ou do plural כרובים - keruvim) é uma criatura sobrenatural, espiritual) e colocá-los por cima da Arca da Aliança (Ex 25, 18-20). Manda-lhe, também, fazer uma serpente de bronze e colocá-la por cima duma haste, para curar os mordidos pelas serpentes venenosas (Num 21, 8-9). Manda, ainda, a Salomão enfeitar o templo de Jerusalém com imagens de querubins, palmas, flores, bois e leões (I Reis 6, 23-35 e 7, 29).

Deus manda fazer imagens em várias passagens das Sagradas Escrituras:

Êxodo 25, 17-22: "Faça também uma placa de ouro puro, com cento e vinte e cinco centímetros de comprimento, por setenta e cinco de largura. Nas duas extremidades da placa, faça dois querubins de ouro batido: cada um sairá de um extremo da placa e a cobrirão com as asas estendidas para cima. Estarão diante um do outro, olhando para o centro da placa. Cubra a arca com a placa, e dentro guarde o documento da aliança que darei a você. Aí me encontrarei com você; e, de cima da placa, do meio dos querubins que estão sobre a arca da aliança, direi a você tudo o que deve ordenar aos filhos de Israel."
1Rs 6, 23-28: "Para o Santíssimo, Salomão fez dois querubins de oliveira selvagem, cada um com cinco metros de altura. Cada asa do querubim media dois metros e meio, de modo que a distância era de cinco metros de uma ponta à outra das asas. ... Os querubins foram revestidos de ouro"1Rs 7, 25-29: "Este ficava apoiado sobre doze touros, que olhavam três para o norte, três para o oeste, três para o sul e três para o leste. ... Sobre essas molduras havia leões, touros e querubins, e sobre as travessas havia um suporte; abaixo dos leões e dos touros, havia grinaldas em forma de festões." Nm 21, 4-9; "E Javé lhe respondeu: "Faça uma serpente venenosa e coloque-a sobre um poste: quem for mordido e olhar para ele, ficará curado." Então Moisés fez uma serpente de bronze e a colocou no alto de um poste."
Será que Deus é contraditório? Ou fazer imagens não é idolatria ? Portanto, fica claro que o erro não está nas imagens, mas no tipo de sentimento que se presta à elas. O erro é amar a imagem, a pedra, a madeira.

IMAGENS NO NOVO TESTAMENTO

O Novo Testamento também apresenta o mistério de Deus através de imagens: a imagem de Jesus como cordeiro digno de receber a forca e o louvor (Apocalipse 5,12). Quando do batismo de Jesus, o Espírito Santo é apresentado em forma de pomba (Mateus 3,16) e, no dia de Pentecostes, com línguas de fogo (Atos 2,1-3).

CONCLUSÃO

As imagens católicas retratam discípulos virtuosos. Virtudes essas que provém da graça de Deus. Os Santos, em nome de Jesus Cristo, operam milagres: "Eis os sinais que acompanharão aqueles que crerem: expulsarão os demônios em meu nome;" (Mc. 16,17)

Nenhum comentário: