terça-feira, 1 de maio de 2012

RERUM NOVARUM foi a base da CLT - Consolidação das Leis do Trabalho


O Cristianismo e a Igreja Católica são responsáveis por muitos benefícios para a humanidade.

Na área do trabalho,  a Encíclica RERUM NOVARUM , publicada pelo Papa Leão XIII, em 15 de maio de 1.891, foi fundamental para o estabelecimento dos direitos dos trabalhadores.

No Brasil, a  CLT foi baseada na encíclica papal.  Segundo o jurista e a um de seus autores, Arnaldo Sussekind, a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) tomou por base, exatamente, a Encíclica RERUM NOVARUM:
Contudo, é o eminente jurista Arnaldo Sussekind, membro da comissão que elaborou a CLT, ex-Ministro de Estado do Trabalho e ex-Ministro do Tribunal Superior do Trabalho, quem nos fornece uma das leituras mais lúcidas quanto às origens da CLT. [19]
Sussekind revela que as principais fontes materiais da CLT foram os pareceres de Oliveira Vianna e de Oscar Saraiva, o 1º Congresso Brasileiro de Direito Social, as Convenções e Recomendações da OIT e a Encíclica Papal Rerum Novarum. Diz que na elaboração da CLT teriam participado, ainda, juristas como Evaristo de Moraes, Oliveira Vianna e Oscar Saraiva. (Fonte: Jus.com.br).

Os católicos e o povo precisam conhecer a história verdadeira, para poderem divulgar e defender o Evangelho. E não serem enganados.

Nenhum comentário: