sábado, 21 de abril de 2012

No Vaticano, cientistas estudam a "aspiração universal da humanidade"



Cidade do Vaticano (RV) - De 27 de abril a 1º de maio, a Pontifícia Academia das Ciências Sociais realizará sua XVIII Assembleia Plenária da Pontifícia Academia das Ciências Sociais. O tema desta sessão será: “A demanda global de ‘Tranquillitas Ordinis’”, inspirado nos 50 anos da encíclica Pacem in Terris, assinada por João XXIII em abril de 1963.

A Pontifícia Academia das Ciências Sociais foi criada para promover o estudo e o progresso das ciências sociais. Através de seu trabalho, oferece à Igreja elementos para o desenvolvimento da doutrina social e estuda os efeitos de sua aplicação na sociedade contemporânea.

Fundada em 1º de janeiro de 1994 pelo Papa João Paulo II, a instituição tem estudado fundamentalmente três temas: trabalho e desenvolvimento; democracia, e a dimensão social da globalização.

A sede da Academia se encontra na Casina de Pio IV, no coração dos Jardins Vaticanos.
A atual Presidente da Pontifícia Academia das Ciências Sociais é a professora de Direito na Faculdade de Jurisprudência da Universidade de Harvard, Mary Ann Glendon, nomeada em 19 de janeiro de 1994 por João Paulo II, tendo sido a primeira mulher a assumir a presidência de uma Academia Pontifícia.
(CM) - Radio Vaticana

Nenhum comentário: