quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Grávida fica inclinada em cama dois meses e meio para não perder bebê

Londres (Inglaterra) - Uma britânica de 29 anos ficou inclinada na cama por dois meses e meio para tentar evitar um aborto natural. Os médicos a alertaram que sua gestação era de risco.
O esforço de Kelly teve resultado. Sua filha Amelia nasceu saudável | Foto: Reprodução
Donna Kelly já teve dois abortos espontâneos depois que seu primeiro filho nasceu. A britânica possui um problema no útero que faz com que o bebê fique muito embaixo.

Com a cama inclinada, Kelly se valeu da gravidade para evitar o aborto. Ela só deixava a posição para ir ao banheiro. A filha, Amelia, nasceu saudável.
Fonte: O Dia

Nenhum comentário: