sábado, 15 de janeiro de 2011

Papa condena aborto e pede a bispos do Brasil que orientem politicamente fiéis

Bento XVI afirmou que católicos devem 'usar o próprio voto para a promoção do bem comum'
28 de outubro de 2010 | 8h 14


estadão.com.br
SÃO PAULO - Em reunião em Roma na manhã desta quinta-feira, 28, o papa Bento XVI conclamou um grupo de bispos brasileiros a orientar politicamente fiéis católicos. Sem citar especificamente as eleições de domingo, o papa reforçou a posição da Igreja a respeito do aborto e recomendou a defesa de símbolos religiosos em ambientes públicos. "Quando projetos políticos contemplam aberta ou veladamente a descriminalização do aborto, os pastores devem lembrar os cidadãos o direito de usar o próprio voto para a promoção do bem comum", disse.
Papa pediu que bispos brasileiros orientem fiéis - Ettore Ferrari/EFE - 27.10.2010
Ettore Ferrari/EFE - 27.10.2010
Papa pediu que bispos brasileiros orientem fiéis
Falando a bispos do Maranhão, Bento XVI reconheceu que a participação de padres em polêmicas podem ser conturbadas. "Ao defender a vida, não devemos temer a oposição ou a impopularidade", continuou. O pontífice se posicionou também sobre o ensino religioso nas escolas públicas e, relembrando a história do País com forte presença católica e o monumento do Cristo Redentor, no Rio, orientou os sacerdotes que encampem a luta pelos símbolos religiosos. "A presença de símbolos religiosos na vida pública é ao mesmo tempo lembrança da transcendência do homem e garantia de seu respeito", concluiu.
Veja também:
No discurso, o Papa também condenou a eutanásia, classificando a luta contra a prática como um pré-requisito para a "defesa dos direitos humanos políticos". "Seria totalmente falsa e ilusória qualquer defesa dos direitos humanos políticos, econômicos e sociais que não compreendesse a enérgica defesa do direito à vida desde a concepção até à morte natural."
Polêmica. O aborto e a questão religiosa se tornaram temas importantes na disputa entre os presidenciáveis José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT), com trocas de acusações de ambos os lados. A disseminação de e-mails dando conta de que, no passado, a candidata petista defendeu a descriminalização da prática é apontada como um dos motivos para o fato de ela não ter vencido já no primeiro turno.
Setores da Igreja Católica, como a diocese de Guarulhos, chegaram a divulgar notas incitando os fiéis a não votar em candidatos que apoiem o aborto, e com críticas à candidatura Dilma. No último dia 17, a guerra santa acabou virando assunto de polícia depois que a PF atendeu liminar do TSE e apreendeu numa gráfica de São Paulo panfletos encomendados pela diocese, que caracterizaram propaganda eleitoral irregular. O PT acusa o PSDB pela impressão do material, uma vez que a proprietária da gráfica é irmã de um dos coordenadores da campanha de Serra.
Os dois candidatos se declaram contra o aborto e dizem que não pretendem mexer na legislação em vigor sobre o tema no Brasil.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Auxílio às vítimas do Rio de Janeiro

A vida é o principal bem que temos. Nesses momentos de perdas de muitas vidas e de riscos para tantas outras, sempre somos solidários. As pessoas precisam ser orientadas sobre a forma e os locais de doações. Estamos entrando nessa onda solidária e pedimos a todos a divulgação dos endereços para encaminhamento de ajuda.

Diego Milward, em seu blog, forneceu os endereços e entidades que estão recebendo donativos para as vítimas, a saber:

Postos para doações
Teresópolis
GINÁSIO PEDRÃO - Em Teresópolis foi montado um posto para receber donativos. As contribuições podem ser levadas para o Ginásio Pedrão, onde foi montado um abrigo de ajuda às vítimas. O local fica na Rua Tenente Luiz Meirelles 211, no bairro Várzea, no centro da cidade.
Petrópolis
Igreja Wesleyana, no Vale do Cuiabá; na Igreja de Santa Luzia, na Estrada das Arcas; e no centro de Petrópolis, na Secretaria de Trabalho, Ação Social e Cidadania, R. Aureliano Coutinho, n. 81, para doação de água, colchão e material de limpeza e higiene na região de Itaipava.
Museu Imperial
O Museu Imperial montou um posto de coleta de donativos. Além disso, os visitantes podem optar por pagar a entrada com uma doação diretamente na bilheteria. O item de maior urgência é água potável, que pode ser trocada pelo ingresso com uma doação de, no mínimo, 1,5 litro. Também são recebidos itens de higiene pessoal, roupas, alimentos não perecíveis, roupa de cama, cobertores, colchonetes e toalhas. O ponto de coleta do museu é no prédio da biblioteca, no saguão em frente à sala multimídia, com acesso pelo bosque do imperador (praça do Cenip). Para trocas de doações por ingressos, os visitantes devem se dirigir diretamente à bilheteria.
POLÍCIA MILITAR
Todos os batalhões da PM do Rio de Janeiro vão receber doações a partir desta quinta-feira (13). Os comandantes dos batalhões recomendam a doação de água mineral, alimentos não perecíveis e material de higiene pessoal.
RODOVIÁRIA NOVO RIO
A Rodoviária Novo Rio recebe doações para a Cruz Vermelha. Os donativos serão recebidos no piso de embarque inferior, das 9h às 17h.
CRUZ VERMELHA - QUARTÉIS DO CORPO DE BOMBEIROS
A Cruz Vermelha está cadastrando voluntários para ajudar na triagem do material arrecadado para vítimas das chuvas na Região Serrana. Quem quiser colaborar deve procurar a sede da entidade no Rio, na Praça da Cruz Vermelha 10, no Centro.
Segundo o presidente da filial Rio, Luiz Alberto Lemos Sampaio, o mais importante agora é coletar alimentos não perecíveis, água, leite, além de roupa de cama e banho. Os donativos podem ser entregues no posto instalado na Rodoviária Novo Rio, na sede da Cruz Vermelha e nos quartéis do Corpo de Bombeiros.
ESTÁDIOS
A Secretaria estadual de Esporte e Lazer do Rio de Janeiro montou uma rede de solidariedade.
Os estádios do Maracanãzinho e Caio Martins (em Niterói) recolhem doações. As contribuições podem ser: garrafas de água potável, fraldas, material de higiene pessoal, colchonetes, alimentos não perecíveis, roupas e agasalhos. O Maracanãzinho recebe doações das 8h às 20h - Entrada pelo portão 12A. No Caio Martinns, o horário é o mesmo e a entrada é pelo portão principal na Avenida Roberto Silveira, em Icaraí.
VIVA RIO
O Programa de Voluntariado do Viva Rio também iniciou uma campanha de arrecadação de roupas e mantimentos para a região serrana do Rio de Janeiro, especialmente Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis. Para ajudar, basta fazer a doação na sede do Viva Rio (Rua do Russel, 76, Glória) ou através de depósito bancário na conta do Viva Rio, no Banco do Brasil, agência 1769-8, conta-corrente 411396-9 e CNPJ: 00343941/0001-28. Para mais informações o Viva Rio disponibiliza os telefones (21) 2555-3750 e (21) 2555-3785.
A ONG também estará recebendo donativos em todas as unidades das Lojas Americanas no Rio e nas estações do metrô de General Osório, Siqueira Campos, Botafogo, Carioca, Glória, Largo do Machado, Catete, Central do Brasil, Saens Peña, Nova América e Pavuna.
SUPERMERCADOS
O grupo de supermercados Pão de Açúcar montou postos de arrecadação em todas as 100 lojas da rede no estado do Rio. As doações podem ser feitas nos estabelecimentos Pão de Açúcar, ABC Compre Bem, Sendas , Extra Supermercados e Assaí. De acordo com o grupo, os donativos serão entregues até 26 de janeiro.
POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL
A Polícia Rodoviária Federal recebe doações nos seus 25 postos ao longo de 1.400 km de rodovias federais fluminsenses. Você pode ligar para o telefone 191 da PRF, que funciona 24h, e saber onde fica o ponto mais próximo de sua casa. Os donativos serão repassados à Cruz Vermelha.
MINISTÉRIO PÚBLICO
O Ministério Público do estado do Rio de Janeiro recebe doações na portaria do edifício-sede, na Av. Marechal Câmara, 370, no centro do Rio, de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.
INEA - INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE
A sede do Instituto Estadual do Ambiente recebe doações de alimentos não perecíveis, colchonete, material de higiene e limpeza, sobretudo fraldas, e principalmente água. O endereço é Av. Venezuela, 110, Praça Mauá - centro do Rio.
SALGUEIRO ESCOLA DE SAMBA
A escola de samba arrecada alimentos não perecíveis, água, roupas e cobertores. As doações podem ser levadas à quadra da escola, que fica na Rua Silva Teles, 104, no Andaraí.
TIJUCA TÊNIS CLUBE
A sede do clube recebe doações. O endereço é Rua Conde do Bonfim, 451 -- Tijuca. IInformações pelo telefone: 3294-9300.
AMALEBLON - ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO LEBLON
A Associação de Moradores do Leblon criou um posto de coleta de donativos, que podem ser entregues no 23º Batalhão, localizado na Av. Bartolomeu Mitre.
ESTAÇÕES DO METRÔ
O Metrô Rio vai disponibilizar a partir de sexta-feira (14), pontos de arrecadação em 11 estações nas linhas 1 e 2. Água, alimentos e produtos de higiene pessoal podem ser doados nas estações Carioca, Central, Largo do Machado, Catete, Glória, Ipanema/General Osório, Pavuna, Saens Peña, Botafogo, Nova América/Del Castilho e Siqueira Campos.
FLAMENGO - GÁVEAVA presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, anunciou que o clube também receberá, na sede da Gávea, donativos para desabrigados pelas chuvas na Região Serrana.
FIAA - FUNDAÇÃO DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA
FIAA Fundação da Infância e Adolescência abriu dois postos de doação: Rua Voluntários da Pátria, 120, Botafogo e Rua General Castrioto, 589, Barreto, em Niterói. Desde ontem (12) a entidade enviou 60 toneladas de alimentos e dois mil colchões para a região.
SHOPPINGS
Shoppings também vão receber donativosA partir desta quinta-feira (13) oito dos principais shoppings do Grande Rio também recolherão material para ajudar as pessoas que foram afetadas pelos temporais na Reigião Serrana. Haverá caixas de coleta recebendo comida, roupas, água e colchões para os desabrigados. Além disso, a rede que administra os estabelecimentos doará o equivalente a R$ 100 mil em mantimentos. Os locais para doações são:
Bangu Shopping - Rua Fonseca, 240 - Bangu. Tel.: 2430-5130.
Carioca Shopping - Av. Vicente de Carvalho, 909 - Vila da Penha. Tel.: 2430-5120.
Caxias Shopping - Rodovia Washington Luiz, 2895, Duque de Caxias. Tel: 2430-5110
Passeio Shopping - Rua Viúva Dantas 100 - Campo Grande. Tel.: 2414-0003.
Santa Cruz Shopping - Rua Felipe Cardoso 540 - Santa Cruz. Tel.: 2418-9400.
Shopping Grande Rio - Rodovia Presidente Dutra, 4.200 - São João de Meriti. Tel.: 2430-5111
Via Parque Shopping - Av. Ayrton Senna, 3.000 - Barra da Tijuca. Tel.: 2430-5100.
Shopping Leblon - Av. Afrânio de Melo Franco, 290 - Leblon. Tel.: 2430-5122.
O Boulevard Shopping São Gonçalo, que faz parte de outra rede, também montou um posto de arrecadação, que funcionará no SAC, no 1o andar do estabelecimento.
IGREJA CATÓLICA - ARQUIDIOCESE DO RIO DE JANEIRO
Arquidiocese envia R$ 40 mil para a região.
A Cáritas Arquidiocesana do Rio já enviou R$ 20 mil para a Arquidiocese de Petrópolis e o mesmo montante para a de Nova Friburgo (que engloba Teresópolis).
A entidade também recebe doações em dinheiro em duas contas: Bradesco, Agência 0814-1, conta corrente 48500-4 e Banco do Brasil, Agência 3114-3, conta corrente 30000-4.
Doações em espécie podem ser deixadas na Catedral de São Sebastião (Avenida Chile 245, no Centro). Haverá pontos de recolhimento na Cáritas e também na entrada da igreja, de 9h às 18h.
PONTE RIO-NITEROI A concessionária que administra a Ponte Rio-Niterói colocou um container para receber doações junto à praça de pedágio, à direita de quem segue no sentido Niterói. Mais informações: (21) 2620-9333.
SESC - SENAC - FECOMERCIO As unidades do Sesc Rio e Senac Rio e a sede do Sistema Fecomércio-RJ estão coletando água mineral, alimento não perecível, roupas de cama e banho, material de limpeza e de higiene pessoal e colchões para as vítimas das enchentes na região serrana. As unidades do Sesc receberão as doações de terça a domingo, das 9h às 17h. Os pontos de coleta são:
Sede do Sistema Fecomércio-RJ - Rua Marquês de Abrantes, 99, Flamengo, de segunda a sexta, das 9h às 18h
Sesc Copacabana – Rua Domingos Ferreira, 160
SescTijuca – Rua Barão de Mesquita, 539
Sesc Ramos – Rua Teixeira Franco, 38
Sesc Madureira – Rua Ewbanck da Câmara , 90
Sesc São Gonçalo – Avenida Presidente Kennedy, 755
Sesc Niterói – Rua Padre Anchieta, 56 – Centro
Sesc São João de Meriti – Avenida Automóvel Clube, 66 –
Sesc Nova Iguaçu – Rua Dom Adriano Hipólito, 10 – Moquetá
Sesc Teresópolis – Av. Delfim Moreira, 749 – Centro
Sesc Quitandinha (Petrópolis) – Avenida Joaquim Rolla, 2 – Quitandinha

Unidades Senac Rio:
Horários de coleta das 9h às 19h, de segunda a sexta. Aos sábados, das 9h às 12h.
Niterói – Rua Almirante Teffé, 680 – Centro
Copacabana – Rua Pompeu Loureiro, 45
Marapendi – Avenida das Américas, 3959 – Barra da Tijuca
Faculdade Senac Rio – Rua Santa Luzia, 735 – Centro
Botafogo – Rua Bambina, 107
Sesi e Senai
O Sesi iniciou campanha de arrecadação de donativos para as vítimas das chuvas na Região Serrana, instalando postos de coletas e suas unidades no estado.
O horário de funcionamento é das 8h às 17. Veja os endereços:
Sesi - Barra do Piraí - Av. Mário Salgueiro, 1.065 - Bairro Belvedere - Barra do Piraí
Senai - Barra do Piraí - Rua Alan Kardeck, s/nº - Muqueca - Barra do Piraí
Sesi - Barra Mansa - Av. Dário Aragão, 2 - Centro - Barra Mansa
Senai - Barra Mansa - Rua Senhor do Bonfim, 130 - Saudade - Barra Mansa
Sesi/Senai Benfica - Praça Natividade Saldanha, 19 - Benfica. Tel.: (21) 2587-4800
Senai - Campos - Rua Bruno de Azevedo, 37 - Pq. Tamandaré Campos dos Goytacazes
Sesi - Campos - Av. Deputado Bartolomeu Lysandro, 862 - Guarus – Campos dos Goytacazes
Sesi/Senai - Cinelândia - Rua Santa Luzia, 685 - 5º andar - Centro - Rio de Janeiro

SesiI - Duque de Caxias - Rua Artur Neiva, 100 - Bairro 25 de Agosto - Duque de Caxias
Senai - Duque de Caxias - Rua Arthur Goulart, 124 - Centro - Duque de Caxias
Sesi - Honório - Rua Loreto do Couto, 673 – Honório Gurgel
Sesi - Itaperuna - Av. Dep. José de Cerqueira Garcia, 883 - Bairro Presidente Costa e Silva - Itaperuna
Senai - Itaperuna - Av. Zulamith Bittencourt, 190 – 1º e 2º andar - Cidade Nova – Itaperuna
Sesi - Jacarepaguá - Av. Geremário Dantas, 342 - Tanque - Jacarepaguá - Tel.: (21) 3382-9999/9950
Senai - Jacarepaguá - Av. Geremário Dantas, 940 – Freguesia – Jacarepaguá
Sesi/Senai - Laranjeiras - Rua Esteves Júnior, 47 - Laranjeiras e Rua Ipiranga, 75 - Laranjeiras
Sesi - Macaé - Alameda Etelvino Gomes, 155 - Riviera Fluminense - Macaé
Senai - Macaé - Av. Prefeito Aristeu Ferreira da Silva, 70 - Novo Cavaleiro - Macaé
Senai - Maracanã - Rua São Francisco Xavier, 417 – Maracanã
Senai - Mendes - Rua Professor Paulo Sérgio Nader Pereira, nº 250 - Centro - Mendes
Senai - Niterói - Rua General Castrioto, 460 - Barreto - Niterói
Sesi/Senai - Nova Iguaçu - Rua Gerson Chernicharo, s/nº - Bairro da Luz - Nova Iguaçu
Sesi - Petrópolis - Av. Barão do Rio Branco, 2.564 - Centro - Petrópolis
Senai - Petrópolis - Rua Bingen, 130 - Bingen - Petrópolis
Sesi - Resende - Rua Marcílio Dias, 468 - Jardim Jalisco - Resende

Senai - Resende - Rua Sarquis José Sarquis, 156 - Jardim Jalisco - Resende
Sesi/Senai – Santa Cruz - Rua Felipe Cardoso, 713 – Santa Cruz
Senai -Solda - Rua São Francisco Xavier, 601 - Maracanã - Tel.: (21) 3978-8700
Sesi/Senai - Tijuca - Rua Morais e Silva, nº 53 - Tijuca - Rio de Janeiro

Sesi/Senai - Vicente de Carvalho - Av. Pastor Martin Luther King Jr. (antiga Av. Automóvel Clube), 6475 - Vicente de Carvalho - Rio de Janeiro
Sesi/Senai - São Gonçalo - Rua Nilo Peçanha, 134 – Centro - São Gonçalo
Sesi - Três Rios - Av. Tenente Enéas Torno, s/no Margem Esquerda - Centro - Três Rios

Senai - Três Rios - Rua Izaltino de Oliveira, 90 - Centro - Três Rios
Sesi/Senai - Santo Antônio de Pádua - Av. João Jazbik, S/N - Bairro 17 - Santo Antonio de Pádua
Senai - Valença - Rua Comendador Araújo Leite, 320 - Valença - Rio de Janeiro
Senai - Vassouras - Rua Nilo Peçanha, 85 - Vassouras - Rio de Janeiro
Sesi - Volta Redonda - Avenida Lucas Evangelista, 595 - Aterrado - Volta Redonda
Senai - Volta Redonda - Rua Nicanor Teixeira de Carvalho, 1 - Barreira Cravo - Volta Redonda

Fontehttp://diegomilward.blogspot.com

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Política, democracia e religião

No ano passado, após termos publicado um artigo neste mesmo jornal “Folha Diocesana” (abril-2010) recebi muitos apoios e também contestações. Uma dessas contestações era que a Igreja não deveria se manifestar politicamente.
Essas manifestações demonstram claramente o desconhecimento do que seja: Política (com “P”maiúsculo) e do que seja Igreja. Senão, vejamos:
Política é a ciência do Bem Comum e portanto abrange todos os cidadãos, independentemente de sua raça, cor, religião, condição social etc... cabendo a todos o direito de se manifestar. Habitualmente confunde-se Política com partidos políticos. Partido político uma agremiação que, de acordo com o modo de pensar, agir ou governar, os seus membros obedecem (ou deveriam obedecer) os critérios específicos, da orientação política desse partido. Infelizmente, no Brasil, de modo geral, os partidos passam por uma crise de identidade e isso já há algum tempo. Nem todos partidos, é verdade. Os políticos em sua maioria, excetuadas raríssimas exceções, filiam-se a partido que favorece seus interesses pessoais ou de grupos, não tendo em vista o Bem Comum. Basta verificar como os políticos mudam de partido, até mesmo aderindo a partido(s) por eles mesmos criticados, condenados em eleições passadas...!!! Infelizmente esses casos não são tão raros.
Igreja. É uma sociedade com características próprias, imutáveis e válidas em todos os tempos, lugares e pessoas. Isto porque se trata de uma sociedade divina e humana. Divina porque seu fundador e cabeça é o próprio Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Ao criar o ser humano, a pessoa, Deus dotou-o com as faculdades de inteligência vontade e liberdade e para sua felicidade. A Igreja constituída de homens livres tem direito de se manifestar, mesmo politicamente. Uma associação que agrupa um numero limitado de sócios, de acordo com a sua classe, não pode se manifestar? Quem lhes nega esse direito? Perguntamos: por que a Igreja que se chama “Católica”, que significa universal, não pode se manifestar principalmente em defesa de princípios que defendem os direitos que competem a esses membros, por serem cidadãos que têm todos os direitos de qualquer cidadão? Estão completamente equivocados os que negam à Igreja e aos seus Pastores, o direito de exercerem sua cidadania.

Dom Luiz Gonzaga Bergonzini
Bispo de Guarulhos
13/01/2011

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

O povo quer a vida, Cabral quer a morte - é tempo de vida, do nascimento de Jesus

O governador do Rio de Janeiro, Exmo. Sr. Sérgio Cabral, quer a morte. Em palestra que fez a dezenas de empresários, em São Paulo, fez a seguinte pergunta: “Quem aqui não teve uma namoradinha que teve que abortar ? O Evangelho de São Mateus diz o seguinte: “Raça de cobras venenosas! Se vocês são maus, como podem dizer coisas boas? Pois a boca fala aquilo de que o que o coração está cheio.” (Mt., 12,34). O governador deixou com essa frase a idéia de que ele já participou de um aborto com uma sua namoradinha e mostrou um machismo inaceitável nos dias atuais. Para ele, a mulher serve, somente, para satisfação de instintos sexuais primitivos e, depois disso, se houver uma gravidez inesperada, ela, mulher, deve matar o ser humano inocente e indefeso que está em seu útero, tornando-se uma assassina.
A “namoradinha” vai carregar a marca do assassinato por toda a vida dela.
O povo brasileiro quer a vida. O Ibope, em pesquisa recente, apurou que 82% do povo é contra a liberação do aborto. Com isso, o povo está dizendo que não quer o assassinato de seres humanos inocentes e indefesos.
Alguns administradores públicos e legisladores, eleitos pelo povo, querem implantar a cultura da morte no Brasil. Para impedir que as mulheres, os cristãos e as pessoas de bem defendam a vida humana, aplicam-lhe rótulos que entendem pejorativos, como “reacionárias”, “retrógradas”, “hipócritas” e outros adjetivos.
A Igreja Católica há mais de 2000 anos defende a vida. Jesus Cristo disse: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância.”(Jo, 10,10). A defesa dos direitos humanos é uma necessidade nos dias atuais. A vida é o principal direito humano. É um bem de Deus. Ninguém pode tirá-la, só Ele.
As mulheres continuam a ser coisificadas por muitas pessoas. Cerca de 10 mulheres são assassinadas por dia no Brasil. Milhares são espancadas. Muitas morrem nas portas ou dentro dos hospitais, desaparelhados e sem condições de dar atendimento digno a elas. Muitas gestantes não conseguem atendimento médico ou realização de exames pré-parto. A mulher sempre deve ser atendida dignamente pelos sistemas de saúde, muito mais e especialmente, no período da gestação, desde o momento da fecundação.
Retrógradas e reacionárias são as pessoas que querem praticar a eugenia ou, por motivos econômicos, realizar um holocausto no Brasil, matando milhares de nascituros nos úteros de suas mães. Retrógradas e reacionárias são as pessoas que querem obrigar ou obrigaram suas “namoradinhas” a matar seus próprios filhos, tornando-as assassinas de seus próprios filhos. Quem defende a morte de um ser humano, em qualquer estágio da vida, no útero de sua mãe ou na velhice, não é um progressista, mas um cultivador da morte.
As mulheres não querem assassinar seus filhos, pois elas são geradoras da vida, uma graça de Deus. As mulheres precisam reagir contra a intenção de torná-las partícipes de um assassinato em massa.
Ao anúncio do anjo Gabriel, “Ave, cheia de Graça, o Senhor está com você”(Lc 1,26), Maria não hesitou. Com todas as dúvidas que tinha, disse Sim.
Maria gerou Jesus, o Redentor da humanidade. Com o Natal, comemoramos o nascimento de Jesus, o nascimento da vida! Como Maria protegeu a vida de Jesus, fugindo do assassinato em massa executado por Herodes, precisamos fugir dessas pessoas que cultuam a morte, que hoje querem matar os nossos filhos inocentes e indefesos.
Roguemos a Nossa Senhora Imaculada Conceição e a Nosso Senhor Jesus Cristo, que nos protejam, em Guarulhos e em todos os rincões do Brasil.
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!
Dom Luiz Gonzaga Bergonzini
Bispo Diocesano de Guarulhos
19.12.2010

A vida contra a morte

Caríssimos Irmãos em Cristo,

Muitas pessoas não entenderam o Movimento em Defesa da vida que fizemos e continuaremos fazendo.
A época das eleições é propícia para debater os problemas nacionais.
A preservação da vida é um problema nacional.
Existe um projeto de liberação do aborto no Brasil, que vem sendo defendido, há muito tempo matar seres humanos indefesos, no útero de suas mães, antes deles chegarem à luz, é problema nacional e assassinato. As pessoas que defendem o aborto devem se apresentar e justificar essa opção. Quem apóia o aborto deve votar em candidatos com esse projeto.
Os leigos católicos, os religiosos, os padres, os evangélicos, todas as religiões têm o direito de defender sua Doutrina e sua Moral.
Muita gente confundiu. O Papa Bento XVI não confundiu. Tanto que aprovou a campanha contra o aborto.
A candidata Dilma Rousseff e sua Coligação me acusaram, no Tribunal Superior Eleitoral, de Brasília, de ter falsificado o documento da CNBB-Regional SUL-1.
A Igreja Católica estava usando o seu direito de defender o Evangelho e a Moral Cristã, e continuará a fazê-lo.
O Papa Bento XVI vem alertando o Mundo sobre o relativismo. No caso das eleições, se uma pessoa é cristã e obedece os Mandamentos da Lei de Deus, ela não pode apoiar candidatos com projetos de liberação da aborto. O cristão não pode relativizar e aprovar atitudes e ações que são contra a sua fé e a Doutrina Cristã.
A defesa apresentada pelos advogados da Diocese de Guarulhos mostra como os direitos da Igreja Católica foram violados.
O Ministério Público Eleitoral Federal também entendeu que os direitos da Igreja Católica foram violados.
A vida é o maior bem que temos. Deus nos deu a vida e só Ele pode nos tirá-la. Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. A vida humana pertence a Deus. O ser humano e suas leis terrenas não podem mudar isso. Nenhuma lei, nenhum plebiscitos, nenhum partido, nenhum grupo de pessoas pode decidir quem vai morrer e quem vai nascer.
A campanha em favor da vida, que se iniciou há muito tempo, vai continuar.
O projeto de lei para liberação do aborto foi derrotado na Câmara Federal, nas Comissões de Saúde e Seguridade Social e de Constituição e Justiça. Os defensores da vida pensavam que o assunto estaria encerrado. Porém, o Governo editou o PNDH-3, ressuscitando o projeto de liberação do aborto. E, no dia 04 de outubro, um dia após a eleição do primeiro turno, o Governo
fez convênio, publicado no Diário Oficial da União, para prosseguir no
caminho da liberação do aborto.
Os católicos que votaram nesse projeto serão responsáveis, como os eleitos por eles, pelas mortes das crianças indefesas que forem retiradas, geralmente de maneira violenta, dos úteros de suas mães e atiradas no esgoto, como se nada fossem além de dejetos.
A luta pela vida dos indefesos, contra a morte, continuará.
Guarulhos, 09 de novembro de 2010.

Dom Luiz Gonzaga Bergonzini
Bispo Diocesano de Guarulhos.

"Eu vim para que todos tenham vida" (Jo 10,10)


Aos meus diocesanos
Sob o título “Dai a César o que é de César”, na edição do mês de julho da Folha Diocesana, na coluna “A Voz do Pastor”, nós recomendávamos aos verdadeiros cristãos e católicos a não votarem em todo e qualquer partido e candidato que fossem contrários aos princípios cristãos e católicos, mormente aqueles que dizem respeito à lei Natural que é lei de Deus positiva.
Acrescentávamos que não deviam dar o seu voto à Sra. Dilma Rousseff, pois o partido a que a mesma pertence, o PT, é francamente favorável à liberação total do aborto. Senão, vejamos:
01- Aos 11 de abril de 2005, o governo Lula comprometeu-se a legalizar o aborto no Brasil, assinando o Segundo Relatório do Brasil sobre o Tratado de Direitos Civis e Políticos, apresentado ao Comitê de Direitos Humanos da ONU (nº 45) e, em agosto do mesmo ano, entregou ao Comitê da ONU para a eliminação de todas as formas de descriminalização contra mulher (CEDAW), documento no qual reconhece o aborto como Direito Humano da Mulher.
02- Em setembro de 2007, no seu IIIº Congresso Nacional, o PT assumiu a “descriminalização do aborto e a regulamentação do atendimento de todos os casos no serviço público, como programa de partido. E no dia 20 de fevereiro de 2010, no seu IVº Congresso Nacional, o PT manifestou “apoio incondicional” ao 3º Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3) editado pelo Presidente Lula, no final de 2009. O programa inclui entre outros temas, a defesa da descriminalização do aborto.
03 - O PT puniu os deputados Luiz Bassuma e Henrique Afonso por se recusarem a assinar o PL (projeto de lei) que tornava livre a prática do aborto...
04 - Mais recentemente, em 16 de julho de 2010 (no mês passado!!!), a Ministra Nilceia Freire, na linha da política do Senhor Presidente da República, propôs a liberação total do aborto em toda América Latina através do “Consenso de Brasília”.
05 -Chamam a nossa atenção as propostas de governo da candidata à Presidência, que alteram a linguagem mas não alteram o conteúdo. Já apresentou três propostas de Governo, sendo que a segunda “maquia” a primeira, e a terceira “maquia” a segunda retirando tudo que pudesse deixar “transparecer” os objetivos de liberar o aborto, para não “prejudicar” sua candidatura. Há rumores de que, no próximo mês será anunciada uma “quarta” proposta...
06 - Para evitar desgastes na campanha de sua candidata, o Sr. Presidente “engaveta decisões sobre temas polêmicos” (Cf. Estado de São Paulo – 06/08/2010 – A7). Contrariamente a todos estes “ajustes” que tentam mascarar a verdade, o Evangelho nos manda: “ O seu Sim, seja Sim. O seu Não, seja Não”.(MT 5,37). Sem subterfúgios, sem máscaras, para não esconder a verdade...
07 –Sendo coerente com nossa profissão de Fé (o que, é evidente, não ocorre nesses “Planos de Governo”), reafirmamos tudo quanto já dissemos. Não temos receio de reafirmar, assinar e confirmar tudo quanto temos escrito. Não precisamos de “reformulações”...
08 - Apesar de 70% dos brasileiros e cristãos terem se manifestado contra a descriminalização do aborto, em pesquisa CNT/Sensus do início deste ano, os delegados do PT chegaram ao entendimento de que o partido deve dar “apoio incondicional ao programa PNDH-3 por considerar que ele é “fruto de intenso processo de participação social”. Ou seja, o PT está levando o país na contra mão da democracia reconquistada há pouco e com fadiga.
09 - Houve quem nos criticasse por termos tomado essa atitude, alegando que não tínhamos o direito de nos “intrometer” na política. A esses queremos lembrar que, num país democrático, como cidadão temos o direito de nos manifestar, a favor ou contra as pretensões de políticos.
10 - Como Bispo, temos a obrigação de alertar os fiéis para que escolham bem os partidos, os candidatos e suas propostas, para não votarem naqueles que sejam contra as Sagradas Escrituras, em especial em relação à vida: “Não Matarás” (Ex. 20,13; Dt. 5,17; Mt. 5,21).
11 – Agora é a hora da defesa da vida. Não podemos nos omitir. Repetindo Dom Henrique Soares, Bispo Auxiliar da Diocese de Aracaju: “É nosso dever de cristãos e de cidadãos procurar votar de modo consciente e esclarecido, pensando unicamente no bem comum...afinal, um voto pode nos mandar para o inferno: aqui, por quatro anos e, após a morte, por toda a eternidade!”
Encerrando os esclarecimentos, pedimos a Deus, por intercessão da Santíssima Virgem Imaculada Conceição, Padroeira de nossa Cidade de Guarulhos, que proteja nossa Diocese assim como todo nosso País, concedendo-nos governantes que sejam respeitadores da Lei de Deus e das Leis Naturais que têm sua fonte no próprio Deus.
+ Luiz Gonzaga Bergonzini
Bispo de Guarulhos
01.09.2010

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

82% dos brasileiros são contra a liberação do aborto e 60% contra a união homossexual

Aborto não é aceito por maioria dos brasileiros, indica pesquisa
Segunda-feira, 06 de dezembro de 2010, 18h43

Leonardo Meira, com colaboração de Nicole Melhado
Da Redação, com informações da pesquisa Vox Populi e iG


Vox PopuliGráfico com opinião dos entrevistados sobre aborto
A grande maioria dos brasileiros continua sendo contrária à legalização do aborto. De acordo com pesquisa do Instituto Vox Populi – encomendada pelo Portal iG – divulgada neste domingo, 5, 82% dos entrevistados são contra mudanças na normativa jurídica que regula o tema.

Do total de 2.200 pessoas entrevistadas, 1.760 acreditam que a legislação deve continuar da forma atual. Somente 14% dos entrevistados (308) são favoráveis à descriminalização da prática e 4% (88) não possuem uma opinião formada sobre o assunto ou não responderam.

Para o Arcebispo de São Paulo, Cardeal Odilo Pedro Scherer, o resultado corresponde aos sentimentos dos brasileiros, não somente por causa da influência religiosa no país, mas por suas convicções éticas e morais a respeito da vida. “Este é um dado muito positivo. Mostra que muitas pessoas, mesmos as não religiosas, são sensíveis a este tema e acreditam que o ser humano não é um objeto que se possa expor”, salienta o cardeal.

Dom Odilo destaca ainda que a luta contra o aborto não é uma questão apenas religiosa, mas diz respeito a preservação dos direitos humanos, e a Igreja tem cumprido bem seu papel nesta luta. “Esse resultado nos anima a continuar nossos esforços para influênciar a cultura dos brasileiros em favor da vida e da ética”, enfatiza.


Mais que uma questão religiosa

As regiões Norte e Centro-Oeste concentram a maior taxa de pessoas que defendem a manutenção da prática na lista de crimes do Código Penal brasileiro – 89% do total. Já o Sudeste apresenta o menor índice, ainda assim elevado, onde 77% são contra a interrupção da gravidez.

A pesquisa também salientou que a defesa da descriminalização do aborto é mais perceptível na opinião de moradores de grandes cidades (19%) do que na de habitantes de pequenos municípios (9%).

O índice de rejeição à prática do aborto é maior entre eleitores com nível superior e alcança seu cume entre eleitores que se dizem religiosos (86% dos evangélicos são contrários). No entanto, não há mudanças substanciais nos quesitos gênero, idade ou renda.

Os altos patamares de rejeição à prática do aborto são os mesmos entre eleitores de Dilma e Serra (82%) e são constatados tanto entre eleitores religiosos quanto entre os que dizem não ter religião (78%), indicativo de que o tema não está necessariamente vinculado a sentimentos religiosos.

Para 72% das pessoas, o futuro governo da presidente Dilma Rousseff não deveria sequer propor alguma lei que descriminalize o aborto – a posição é compartilhada por católicos (73%), evangélicos (75%) e membros de outras religiões (69%).


União homossexual e uso de drogas

O Vox Populi mostra que a união civil entre homossexuais não deveria ser permitida no País na opinião de 60% da população, contra 35% que defende esse direito.

A rejeição não afeta exclusivamente entrevistados que se declaram religiosos. 56% dos que afirmam não ter religião também se dizem contra a união civil entre gays, apesar de o maior índice ser constatado entre evangélicos: 78%.

A pesquisa também indicou que praticamente nove em cada dez brasileiros (87%) são contra a descriminalização do uso de drogas. A posição é compartilhada por pessoas pertencentes a diferentes religiões, idades, escolaridade e preferências políticas.

Link cançao nova - http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=279234 -

domingo, 9 de janeiro de 2011

Dom Paulo Evaristo Arns no hospital

Dom Paulo está internado no Hospital Santa Catarina

Arcebispo de São Paulo tem "discreta melhora", diz hospital
08 de janeiro de 2011 • 19h26 • atualizado às 19h34

No fim de tarde deste sábado, o arcebispo de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns, apresentou discreta melhora na infecção pulmonar que o acometeu após uma cirurgia para a retirada da vesícula, em 1º de janeiro, informou o Hospital Santa Catarina, onde ele está internado.
O religioso está consciente e seu quadro é estável, mas ele permanece na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) sem previsão de alta.
mais notícias de brasil »
Redação Terra

Rezemos por sua pronta recuperação.

Falecimento de Dom Manoel Pestana Bispo Emérito de Anápolis-GO

Lamentamos, profundamente, o falecimento de Dom Manoel Pestana, no dia 08.01.2011.
Um homem de Deus que já está junto ao Pai. Defensor incansável do Evangelho e da Vida.
Defensor da vida contra a cultura da morte - aborto, eutanásia - que querem implantar no Brasil. Meus sentimentos, juntamente com o do povo católico de Anápolis, de Goiás e do Brasil.

Notícia em FRATES IN UNUM.COM

Faleceu Dom Manoel Pestana Filho, bispo emérito de Anápolis.
com 18 comentários

Pedimos suas orações pela alma de Dom Manoel Pestana Filho, Bispo emérito de Anápolis, falecido hoje, dia 8 de janeiro de 2011 , na cidade de Santos.

Seu corpo será transladado para Anápolis no domingo e será velado na Catedral do Bom Jesus.

No último mês de novembro, nosso blog teve a honra de entrevistar Sua Excelência. Recordemos suas memoráveis palavras:

Que posso dizer, uma voz quase a extinguir-se, no meio da cultura do barulho, que pouco permite o silêncio necessário para ouvir e entender? Nós, católicos, precisaríamos conhecer, de fato, cada vez mais a nossa religião, que não é apenas uma entre tantas. Jesus disse:

“Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja.”

“Os poderes da morte e do inferno não hão de derrubá-la.”

“Eu estarei convosco até a consumação dos séculos.”

Nossas igrejas terão sempre, enquanto permitirmos, Alguém à espera dos abalados na fé, dos que perderam a esperança e o rumo na vida, para confiar-nos, a qualquer momento, sem cansar: “Eu sou o Caminho (para os perdidos), a Verdade (para os enganados), a Vida (para os agonizantes, à falta de Amor e solidariedade).

Enquanto a luz do sacrário estiver acesa, sabemos que Alguém nos espera. Não estamos sozinhos. E podemos ajudar, com a graça do Senhor, a salvar os irmãos!
Requiem aeternam dona ei, Domine: et lux perpetua luceat ei.