quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

PORNOGRAFIA INFANTIL: Excluir ao invés de bloquear - Alemanha


19/Dez/2011

Digitaler RadiergummiAmpliar imagem(© dpa/pa)
Conteúdos pornográficos infantis precisam ser excluídos de forma permanente e eficaz. Sob esse lema, o Governo Federal da Alemanha aprovou na última semana o projeto de lei que obriga as autoridades a deletar e não apenas bloquear os sites de pornografia infantil.

Para a Ministra da Justiça, Sabine Leutheusser-Schnarrenberger, a decisão é um componente importante para a política de rede da Alemanha. “Auto-regulação e transparência são as melhores respostas ao crime”, disse. “Imagens de abuso sexual de crianças, bem como a compra, a distribuição e a posse de tal material são das coisas mais hediondas, que precisam ser de fato banidas da internet”, completou.

Trabalhando em carater experimental nos últimos 12 meses com autoridades policiais locais e estrangeiras, os peritos responsáveis por excluir o conteúdo fazem um balanço positivo da iniciativa. Na maioria dos casos, os sites foram totalmente excluídos em questão de horas, evitando a propagação rápida e em massa de conteúdo proibido.
© Glaucimara Silva (Centro Alemão de Informação) - 

Nenhum comentário: