sábado, 12 de novembro de 2011

PARAGUAI - "A Igreja está imersa na sociedade e não pode deixar de se envolver em tudo o que acontece": os Bispos analisam a realidade do país

Assunção (Agência Fides) - A Conferência Episcopal do Paraguai (CEP) se prepara para analisar a realidade nacional e eclesial no contexto da próxima reunião ordinária de 2011, de segunda 7 a sexta, 11 de novembro. Os trabalhos serão abertos pelo Núncio Apostólico.

Na ordem do dia, constam a avaliação das atividades realizadas no ano, o relatório das comissões e grupos de coordenação, a Universidade Católica e o Seminário maior nacional. Também deverá ser eleita a nova Presidência da CEP. Atualmente, o Presidente da Conferência Episcopal é Dom Pastor Cuquejo, Arcebispo de Assunção, que entregará o cargo a seu sucessor, escolhido por votação.

Para realizar uma análise da realidade nacional, os Bispos desejam estar bem informados sobre os problemas existentes no campo social e aprofundar aspectos econômicos e políticos, e para isso, segundo informações recebidas pela Agência Fides, pediram o parecer de alguns especialistas de inspiração católica bem inseridos na realidade nacional. Depois de ouvir os especialistas, os Bispos vão debater sobre a situação do país, informou o Bispo de Cacupé, Dom Claudio Giménez, Vice-presidente da Conferência Episcopal.

O mesmo Bispo expressou preocupação pelo governo do Presidente Fernando Lugo, reconhecendo a ineficiência do Estado.

"Sempre nos preocupamos com a situação do país - disse o Bispo. Nós nos relacionamos com pessoas de todo tipo em nossas dioceses, e isso se repercute na vida social e na vida da Igreja, porque a Igreja está imersa na sociedade e não pode não se envolver nas coisas que acontecem".

A Igreja do Paraguai aguarda a nomeação de diversos Bispos por parte do Santo Padre e a criação de novas circunscrições eclesiásticas.
(CE) (Agência Fides, 4/11/2011)

Nenhum comentário: