domingo, 13 de novembro de 2011

Brasíl: País rico é País sem corrupção

27/10/2011 - 19:13
ADPF comemora 35 anos e lança campanha contra a corrupção
Mais de 250 associados participaram da festa em comemoração aos 35 anos da ADPF, nesta quarta-feira, 26, no Espaço Unique, em Brasília. Os diretores regionais da associação também prestigiaram o evento, representando delegados de todo o país.O presidente em exercício da ADPF, Bolivar Steinmetz, agradeceu a presença e ressaltou a importância dos 35 anos de luta da entidade. “Hoje, saudamos a todos os associados, sem esquecer o dever de reverenciar a memória dos antigos colegas fundadores que já se foram, deixando um vazio que nunca será preenchido. Este é, também, um momento para prestarmos justa homenagem aos fundadores que ainda estão entre nós, enriquecendo-nos com suas experiências e conhecimentos”, comemorou.

A festa também marca o lançamento da campanha permanente Brasil: País rico é País sem corrupção. Um vídeo ilustra a luta dos delegados federais contra a corrupção no Brasil. Bolivar voltou a reforçar a importância do combate aos crimes de colarinho branco e aproveitou para pedir apoio dos demais associados. “Os prejuízos que os sugadores do erário causam à nação estão estimulando os brasileiros a se unirem em torno da maior campanha de combate à corrupção que já se viu no país.

É justamente neste momento que a associação nacional dos delegados de polícia federal tem o prazer de lançar a sua campanha: “Brasil: País rico é País sem corrupção”, fazendo coro com 190 milhões de brasileiros, uníssonos no mesmo grito contra a corrupção, por um país melhor e mais sério. Não mediremos esforços para ajudar a varrer toda a sujeira que for encontrada!”

Em homenagem à associação, o coral, formado por aposentados da ADPF e amigos da instituição PF, cantou o Hino Nacional e a música Primavera, de Tim Maia, emocionando os convidados. Os ministros do STF José Antônio Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, presidente do TSE, e do STJ Marco Aurélio Bellizze participaram do lançamento da campanha. O diretor do Departamento de Recuperação de Ativos do MJ, Ricardo Saadi, secretário de Segurança Pública do DF, Sandro Avelar, e o deputado Fernando Francischini também estiveram presentes no evento, além de representantes de várias entidades classistas da PF e do FONACATE.

Comunicação Social/ Rafaella Feliciano
Fonte: adpf.org.br

Nenhum comentário: