segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Vogue publica ensaio sensual de menina de apenas 10 anos

ESCRITO POR KATHLEEN GILBERT | 11 AGOSTO 2011
MEDIA WATCH - OUTROS

Usando maquilagem pesada e decote de corte até a cintura, a modelo para uma recente foto da revista Vogue está deitada numa cama com estampa de leopardo a medida que os olhos azuis dela fitam friamente a câmera. Em outras fotos, ela usa muitas joias e salto alto enquanto descansa o corpo numa pele de tigre.

A única qualidade que separa Thylane Lena-Rose Blondeau de uma típica modelo da alta costura é que ela só tem dez anos de idade.
Muitos que a viram expressaram choque e horror depois que a menina apareceu numa exibição de 15 páginas da revista francesa Vogue, editada pelo convidado designer de moda Tom Ford em janeiro.
“A sexualização das crianças é uma dos males mais perniciosos de nossa era.Eles não deveriam ter feito isso”, disse Helen Goodman, parlamentar do Partido Trabalhista, de acordo com o jornal Daily Mail. A organização internacional pró-família União das Mães concordou, dizendo que as fotos hipersexualizadas “negam à senhorita Blondeau o direito de ser a criança que ela é”.
O jornal Daily Beast comenta que Blondeau anda pelas passarelas de desfiles de moda desde a idade tenra de quatro anos, e desde então é fotografada topless, com apenas um colar de pérolas de madeira cobrindo parte de seus peitos.
Outros observadores de internet também pareciam não acreditar no enfoque novo da foto na questão da sexualidade. “Isso é de indignar. É impróprio, e repugnante”, disse certo blogueiro no Tumblr no comentário do Mail.
“Ela tem a expressão facial de uma criança cujas imagens se encontram em pornografia infantil ilegal. Mordaz, sem nenhum sorriso, agressiva passiva”, comentou outro observador de uma galeria de fotos no site TheGloss.com.
Veronika Loubry, a mãe de Thylane, fechou a conta de Facebook de sua filha e um blog do Tumblr intitulado “Fuck Yeah Thylane Blondeau” na semana passada depois que as imagens indecentes se alastraram como um incêndio numa floresta.
A postagem final na página do Facebook indicou que algo tinha ido errado envolvendo uma “pessoa má” nos Estados Unidos graças às fotos. “Algo indo errado no momento com Thylane e uma pessoa má nos Estados Unidos sobre fotos que ela fez 8 meses atrás para a Vogue”, escreveu Loubry antes que a página fosse desmanchada.
Líderes internacionais que defendem os jovens dizem que a foto preocupante exemplifica o motivo por que a sexualização de crianças mais e mais novas precisa receber forte oposição.
“Todos sabem que a indústria da moda frequentemente usa a atração sexual para comercializar seus bens. Isso não é incomum. O que é incomum e preocupante acerca de uma menina de 10 anos fazendo um papel de modelo provocadora é que isso é evidência de uma mudança nos gostos sexuais da sociedade”, Tyler Ament, diretor da Coalizão Internacional de Jovens (CIJ), disse para LifeSiteNews.com.
A origem dessa mudança está em parte nas pressões de um grande grupo internacional de pressões políticas e legais: Ament comentou que eliminar a “discriminação” baseada em idade da sexualidade das crianças é uma importante prioridade dos grupos de controle populacional global tais como a International Planned Parenthood Federation (Federação Internacional de Planejamento Familiar, conhecida pela sigla em inglês IPPF).
“A sexualidade e o prazer sexual são partes importantes da identidade existencial humana para todos — não importando a idade”, disse a IPPF em seu manual de “direitos sexuais” para jovens lançado na ONU neste verão. O livreto enumera o aborto legal como essencial para os serviços de saúde “favoráveis aos jovens”.
A CIJ apresentou na ONU no mês passado uma petição assinada por 57.000 jovens que se opõem ao movimento de “direitos sexuais, os quais ele disse tinham um claro incentivo financeiro para negociações internacionais de aborto e contracepção.
“Eles querem fazer com que essas meninas se iniciem novas, já que eles têm interesses ideológicos e econômicos em tal empreendimento arriscado”, disse Ament.
Tradução: Julio Severo - Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com

Um comentário:

Deus é mais disse...

É uma vergonha ver nossa crianças desse jeito pelo que eu vi as mães delas nem ligam pra isso apenas pensam no dinheiro que vai ganhar e não se preocupam com sua alma,que Deus tenha piedade das mães que propagam seus filhos para o pecado, vamos fazer a nossa parte orando por elas...