quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Um grito pela vida: o tráfico de seres humanos


BRASIL - Terminou o seminário sobre o tráfico de seres humanos: grande preocupação em perspectiva das Olimpíadas e da Copa do Mundo de futebol
Teresina (Agência Fides) - Encerrou-se o Seminário de formação para instrutores e formadores no combate ao tráfico de seres humanos, organizada pela Rede inter-congregacional "Um grito pela Vida".

O congresso se realizou nos dias 6 e 7 de agosto em Teresina, capital do estado do Piauí, no Brasil. Promovido pela Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) e pela CRB regional Teresina, teve a participação de 40 pessoas dentre religiosas, leigos, agentes de pastoral e responsáveis de instituições empenhadas em enfrentar o problema.

O encontro foi convocado pelas Irmãs Nair de Sousa (Congregação das Irmãs de São José), Roselei Bertoldo (Irmãs do Coração Imaculado de Maria) e Denise Morra (Missionárias do Sagrado Coração de Jesus). Estas três congregações fazem parte da Rede "Um grito pela vida" da Região do Piauí.

No primeiro dia de trabalhos, foi descrita a realidade do tráfico de seres humanos no Brasil e no mondo.
O segundo dia foi reservado à apresentação da rede "Um grito pela vida" e à elaboração de um programa de ação comum a ser atuado neste semestre. Os diversos atores agirão em seus âmbitos de trabalho com destaque especial para a formação de lideranças e para o tráfico de pessoas (especialmente crianças, adolescentes e jovens).

No Brasil, o tráfico de seres humanos está se tornando um grave problema, ao ponto que o Senado Federal decidiu enfrentar a questão também na perspectiva de eventos internacionais como as Olimpíadas em 2012 e a Copa do Mundo de 2014, que podem ser utilizados pelas organizações criminosas como cobertura para incrementar suas atividades.
(CE) (Agência Fides, 10/08/2011)

Nenhum comentário: