quinta-feira, 21 de julho de 2011

Globo, SBT e a ideologia homossexual

SBT faz coro com Globo e também vai restringir romances gays
Por Redação - 19.07.2011 às 20:04:00                                                                                  
O tema gay em novelas brasileiras ainda é tabú e a tão esperada cena de um beijo entre homens, ao que parece, não vai emplacar tão cedo.

Depois da Globo proibir o assunto internamente, agora é a vez da emissora de Silvio Santos pôr o pé no freio.

O SBT que já exibiu em "Amor & Revolução" uo beijo entre mulheres, com as atrizes Luciana Vendramini e Giselle Tigre, mudou de opinião e assim como a Globo, resolveu esfriar o tema.

Tiago Santiago, novelista do SBT disse que acataria a decisão, mesmo tendo prometido o beijo, além de um outro, entre os atores Vendramini e Tigre, informa Ricardo Feltrin, em sua coluna na Folha.

Na emissora dos bispos não há proibição, mas tudo está implicitamente entendido, já que a orientação da Igreja Universal do Reino de Deus, desaprova o homossexualismo. Nenhuma trama da emissora até hoje deu destaque a casais
 ou personagens gays.
Fonte: O REPÓRTER


------------------------------------------------------------------------------
Globo esfria romance gay em novela para poupar  telespectador conservador
Por Redação - 19.07.2011 às 11:36:00

A Globo ponderou e abriu mão das cenas mais ardentes entre gays em suas novelas, especificamente 'Insensato Coração', a novela das nove, que se encaminha para o seu fim em agosto.

Gilberto Braga e Ricardo Linhares, foram chamados para uma conversa com o diretor-geral de entretenimento da emissora, Manoel Martins e, de acordo com informações da Folha de S.Paulo, receberam a determinação de "esfriar" a história dos homossexuais Eduardo (Rodrigo Andrade) e Hugo (Marcos Damigo).

Os autores ainda foram instruídos a não carregarem nenhuma bandeira política e recuarem no pedido da criação de uma lei que pune a homofobia.
A emissora dos Marinho, por meio de nota, informou que como veículo de massa que é, "precisa contemplar todos os seus públicos e faz parte do papel da direção zelar para que isso aconteça".


Fonte: O REPÓRTER

Nenhum comentário: