domingo, 22 de maio de 2011

Pedofilia na internet aumentou 250% em Alagoas no ano passado


Carolina Sanches
Publicado por Redação em 19/05/2011 as 09:21
A Polícia Federal registrou um aumento de 250% nos casos de pedofilia pela Internet no ano de 2010 em Alagoas. O crime tem ocorrido não apenas em Maceió, mas também em municípios do interior do Estado. Ontem, no Dia Nacional de Combate ao Abuso e À Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescente, o delegado federal Polybio Brandão, que apura os crimes de pedofilia pela Internet em Alagoas, ressalta as ações feitas pela PF para combater esse tipo de prática.
Segundo a Polícia Federal, Alagoas registra entre 10 a 15 casos de crime de pedofilia por mês e 80% deles são de endereços de internet de lah houses. Com relação ao aumento do número de casos no Estado, o delegado acredita que isso se deve ao trabalho de conscientização da PF que estimula as denúncias. Com relação aos primeiros meses deste ano, Brandão informou que o número de casos é menor que no mesmo período em 2010.
O delegado explicou que existem vários tipos de pessoas que cometem o crime de pedofilia na Internet, entre elas, o pedófilo que faz fotos de crianças e tem uma rede pra onde distribui as imagens. Existem também as pessoas que gostam de ver as fotos dos menores, porém não produzem o material nem têm contato com outros pedófilos, e as que buscam pornografia na Internet e terminam por acessar conteúdos de pedofilia. Atualmente, a PF investiga 20 casos no Estado.

Nenhum comentário: