sábado, 9 de abril de 2011

O magnata dos EUA Donald Trump virou Pró-Vida


O magnata americano Donald Trump chocou os participantes da conferência CPAC conservadora em fevereiro, quando se declarou a favor da vida, após anos de apoio à posição pró-aborto.
Alguns meses atrás, quando questionado sobre sua posição,Trump respondeu que o público "ficaria surpreso" pela sua nova postura. Em uma entrevista com Laura Ingraha,m da Fox News,  que antecedeu a conferência, Trump declarou "pró-vida".  Ele repetiu a mudança de lado quando disse à platéia de CPAC, "Eu sou pró-vida" e prometeu lutar para a reversão do Obamacare, que contém financiamentos para aborto.
Essa foi uma mudança marcante de como Trump se descreveu em seu livro de 2000, "A América que nós merecemos", onde ele escreveu: "Eu apoio o direito da mulher a escolher, mas estou à vontade com os procedimentos."
Hoje, em uma nova entrevista com o âncora da 'CBN David Brody, Trump explicou a evolução do seu pensamento e como as histórias de gravidezes - incluindo uma em particular - ajudaram a mudar sua mente sobre o aborto.
"Os evangélicos querem sentir-se seguros de que vamos ter um candidato que vai, pelo menos, ser firme sobre essas questões, as questões sociais. Alguém que não está indo só para cortar e seguir em frente ", disse Brody para Trump.
O bilionário respondeu: "Uma coisa sobre mim, sou um cara de muita honra. Eu sou pró-vida,mudei meu ponto de vista de alguns anos atrás."
"Uma das razões que me mudaram - um dos principais motivos - um amiga de minha esposa estava grávida, neste caso ela era casada. Ela estava grávida e ele não queria o bebê. E ele estava me contando a história ". Trump disse a Brody. "Ele estava chorando, ele estava me contando a história. Ele acabou por ter o bebê e o bebê é a menina dos seus olhos. É a maior coisa que já aconteceu com ele. E você sabe que aqui é um bebê que não teria vida. E eu ouvi isso, e algumas outras histórias, e eu sou pró-vida ".
"Então, aquelas histórias mudaram você. Elas aconteceram em seu redor e mudaram você?" Brody perguntou.
"Elas me mudaram. Sim, elas mudaram minha opinião quanto a isso, absolutamente ", respondeu Trump.
À medida que a corrida eleitoral de 2012 se intensifica, os defensores pró-vida devem convocar Donald Trump para explicar melhor sua posição sobre questões importantes pró-vida, como indicações para a Suprema Corte e a revogação da lei de saúde pró-aborto de Obama. Um ano antes das primeiras eleições primárias dos EUA, alguns republicanos estão insatisfeitos com a atual lista de potenciais candidatos à presidência. Como não há um favorito, neste momento, uma candidatura de Donald Trump pode ser atraente para alguns.
No entanto, alguns defensores pró-vida são fortemente favoráveis ​​a alguns dos verdadeiramente pró-vida republicanos potenciais candidatos à presidência. Sarah Palin e Mike Huckabee tem um apoio significativo entre os eleitores independentes e republicanos. Menos conhecido, mas igualmente pró-vida, os prováveis ​​candidatos, como o governador Tim Pawlenty, Rick Santorum e Caim Herman também são fortemente pró-vida. Outros, como Haley Barbor de Mississippi, Jon Huntsman de Utah e Mitt Romney de Massachusetts seriam aceitos como candidatos pró-vida também.
Os candidatos pró-vida terão de enfrentar o presidente Barack Obama, já declarado candidato, que tem um extenso registro pró-aborto (registro pró-aborto extenso ).


Fonte: Lifesite - original em Inglês

Nenhum comentário: