segunda-feira, 18 de abril de 2011

BISPOS DA GUATEMALA: REFORÇAR DEMOCRACIA NO PAÍS

Cidade da Guatemala, 12 abr (RV) - A Conferência Episcopal da Guatemala convida os fiéis a participarem ativamente das eleições gerais que se realizarão em setembro próximo, a fim de reforçar a democracia no país.

Na mensagem, os bispos pedem aos cidadãos para exercerem o direito e o dever de votar de maneira séria, livre e consciente. A nota da Conferência Episcopal Guatemalteca foi lida em todas as paróquias no último domingo, como parte do compromisso da Igreja em conscientizar os fiéis católicos.

Os bispos guatemaltecos falam sobre o financiamento da campanha eleitoral e seu início antecipado. Segundo os prelados, vários cartazes de partidos políticos e seus candidatos foram espalhados por todo o país e alguns candidatos já estão fazendo comício em algumas localidades.

A Conferência Episcopal ressalta que essa falta de respeito pela lei mostra a fraqueza do sistema eleitoral guatemalteco e evidencia a irresponsabilidade dos partidos políticos e seus representantes. "Apresenta-se uma imagem de pessoas que a todo custo querem obter o poder" – denunciam os bispos.

No comunicado, os prelados questionam a fonte de financiamento dos partidos políticos no processo eleitoral: "vendo o aparato dos meios utilizados, nos perguntamos de onde vem todo esse dinheiro para financiar as despesas".

Os bispos qualificam como grave a relutância dos partidos políticos em revelar a fonte de financiamentos e recordam que no passado, circulavam vozes sobre a influência financeira do narcotráfico ou de grupos de poder nas campanhas eleitorais.

A Conferência Episcopal Guatemalteca convida as autoridades responsáveis pelo processo eleitoral a garantirem a legalidade e a equidade dos resultados, e que todas as atividades se desempenham sem violência e no respeito da lei. (MJ)



Fonte: Radio Vaticano - 12.04.2011

Nenhum comentário: